O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Três crianças ucranianas "abandonadas" pela mãe foram institucionalizadas

Três crianças ucranianas "abandonadas" pela mãe foram institucionalizadas

Três crianças, com seis, nove e 11 anos, foram institucionalizadas na associação Berço, na terça-feira, no centro de acolhimento de menores em risco de Viana do Castelo, após supostamente terem sido abandonadas pela mãe, refugiada ucraniana.

Segundo o presidente da instituição, Padre Artur Coutinho, as crianças deram entrada no centro por volta das 19.30 horas, por indicação da Segurança Social, após denúncia do caso à PSP pela escola frequentada pelos irmãos.

A família monoparental terá residência temporária em Viana do Castelo, como refugiada, desde março. A mãe ter-se-á deslocado à Ucrânia e deixado os filhos ao cuidado de conhecidos, um deles um cidadão russo que se encontra em Portugal com visto de turista.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG