Premium

Alterações climáticas vão acabar com a lampreia

Alterações climáticas vão acabar com a lampreia

Diretor do Aquamuseu de Vila Nova de Cerveira avança cenário em que a espécie desaparece até ao fim do século. Rio Minho será o último onde a espécie vai extinguir-se.

A cumprir-se o cenário de alterações climáticas que está traçado até ao fim do século XXI, a lampreia está condenada à extinção. A afirmação é do biólogo e diretor do Aquamuseu de Vila Nova de Cerveira, Carlos Antunes, que tem acompanhado a evolução da espécie no rio Minho.

Apesar do quadro desolador para pescadores e apreciadores do ciclóstomo, aquele especialista diz que do mal o menos: o rio Minho será o último onde a espécie vai extinguir-se. E, para já, aquelas águas internacionais ainda continuam a dar, uns anos mais outros menos, fartura de lampreia.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG