Covid-19

Instalações do Inatel em Vila Nova de Cerveira transformadas em unidade para não infetados

Instalações do Inatel em Vila Nova de Cerveira transformadas em unidade para não infetados

As instalações do Inatel em Vila Nova de Cerveira vão ser transformadas numa unidade de retaguarda para não infetados, oriundos de lares ou outras instituições do distrito de Viana do Castelo onde existam focos de infeção.

A informação foi avançada este sábado pela presidente da Câmara de Melgaço, Manoel Batista, referindo que a estrutura receberá na próxima segunda-feira, utentes do lar da Santa Casa da Misericórdia local, onde nesta altura há 33 casos confirmados de Covid-19.

"Na segunda-feira faremos a evacuação dos idosos não infetados para uma estrutura distrital que está a ser criada no Inatel em Vila Nova de Cerveira. Está a ser preparada com contratação de pessoal. É uma boa medida porque é importante resguardar os negativos", declarou Manoel Batista. O autarca refere ainda que este sábado deverá também ficar decidido o funcionamento de uma estrutura de acolhimento de casos positivos, oriundos também de lar e de outras unidades sem resposta para tratar doentes.

A referida estrutura poderá ser criada em Viana do Castelo. "Fazia sentido que houvesse um hospital de retaguarda para infetados com sintomas leves, sem necessidade de hospitalização ou que já estiveram no hospital e estão em condições de sair. E fazia sentido que fosse em Viana do Castelo porque tem dois hospitais de campanha com grande capacidade, mas a decisão tem de ser da Saúde", comentou.

Outras Notícias