Boticas

Morre por inalação de monóxido de carbono

Morre por inalação de monóxido de carbono

Um homem, de 60 anos, morreu, esta segunda-feira, das consequências da inalação de monóxido de carbono, ao que tudo indica, proveniente de um aquecedor, em Boticas. Na mesma casa, foi encontrada a mulher da vítima, de 56 anos, inanimada na cama.

O casal de reformado era emigrante em França e estavam em Portugal para passar as férias desta época de Natal. Tudo indica que marido e mulher tenham sido intoxicados com monóxido de carbono de um dos aquecedores, colocados no quarto.

O corpo do homem foi encontrado no corredor enquanto a outra vítima estava inanimada na cama. O alerta foi dado por um irmão da vítima mortal, que estranhou não conseguir contactar o casal.

PUB

Para entrar na habitação e retirara as duas vítimas, os bombeiros tiveram de usar máscaras de proteção. A mulher foi transportada para o hospital em estado considerado crítico e o corpo do marido seguiu para o Instituto de Medicina Legal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG