Premium

Funerária suspeita de levar corpo sem avisar autoridades

Funerária suspeita de levar corpo sem avisar autoridades

O Ministério Público de Chaves está a investigar uma funerária local suspeita de ter levantado o corpo de um homem, que morreu em casa no fim de semana passado, sem ter chamado as autoridades como manda a lei. Cadáver foi, depois, levado para a morgue do Hospital de Chaves, onde não terá sido registado.

Segundo o JN apurou, António Barreira Ferreira, 61 anos, vivia sozinho em Chaves e, estranhando a sua ausência, o grupo de amigos com que costumava estar ao sábado foi procurá-lo e encontrou-o já cadáver em casa. A proprietária de uma funerária não tardou a saber da notícia e avançou para a casa do homem. De acordo com as suspeitas e relatos feitos ao JN, a mulher ligou a um médico que terá passado a certidão de óbito, levando o cadáver para a morgue do hospital local. Mesmo sem mandado judicial ou registo, o corpo foi guardado numa gaveta frigorífica.

Irmã nos Estados Unidos

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG