Chaves

Idosa morreu em incêndio provocado por cobertor elétrico

Idosa morreu em incêndio provocado por cobertor elétrico

Uma mulher de 86 anos morreu, esta quarta-feira de manhã, na sequência de um incêndio no quarto onde dormia, numa casa situada na Rua do Cruzeiro, na cidade de Chaves.

A filha da idosa, que tem 59 anos e vive com o marido na mesma casa, inalou fumo durante a tentativa de socorro à mãe e, por causa disso, foi transportada para o hospital flaviense. O homem não sofreu qualquer ferimento.

De acordo com o comandante dos Bombeiros Voluntários de Salvação Pública de Chaves, José Carlos Silva, o alerta para o incêndio chegou ao quartel por volta das 7.15 horas da manhã. De imediato foi enviada para o local uma equipa de cinco bombeiros com um carro de combate a incêndios urbanos. "Demorou cerca de uma hora a ser extinto", sublinhou o comandante.

De acordo com José Carlos Silva, o fogo, que "terá começado num cobertor elétrico", ficou "circunscrito ao quarto", não tendo afetado qualquer outra parte da habitação.

Quando os seus homens chegaram, a mulher de 86 anos já "não se encontrava no quarto", uma vez que "foi retirada antes com a ajuda de um agente da PSP" que chegou primeiro ao local. No entanto, acabou por não resistir às "queimaduras e à inalação de fumo".

"O óbito foi declarado no local pelo médico da Viatura Médica de Emergência e Reanimação", referiu ainda José Carlos Silva.

O corpo da mulher foi transportado pelos Bombeiros Voluntários Flavienses para o gabinete de medicina legal do Hospital de Chaves, onde será autopsiado.