Mesão Frio

Comandante dos bombeiros tentará manter Câmara no PS

Comandante dos bombeiros tentará manter Câmara no PS

A limitação de três mandatos impede o socialista Alberto Pereira de voltar a candidatar-se à Câmara Municipal de Mesão Frio, o concelho mais pequeno e com menos população do distrito de Vila Real. O PS escolheu por isso Paulo Silva para concorrer à presidência de um município que, até 2009, não conhecera io outras cores que não fossem as do PSD - desde 1976 até 2005 foram nove vitórias consecutivas. Mesmo em 2009, vendeu cara a derrota, sendo ultrapassado por apenas oito votos.

Paulo Silva é vice-presidente do atual Executivo, cargo que ocupa desde 2013, com o pelouro da Proteção Civil, que acumula com o comando dos bombeiros de Mesão Frio, cargo que assumiu há mais de duas décadas.

O principal adversário vai ser António José Teixeira, técnico agrícola aposentado que já é vereador da oposição. Tem o desafio de recuperar a autarquia para o PSD, que desta vez vai a votos em coligação com o CDS-PP.

Mário Sousa Pinto encabeça a candidatura independente do "Movimento Mais Mesão Frio". O gestor e consultor de empresas, de 55 anos, foi presidente da concelhia do PS de Mesão Frio. Em 2009, assumiu o cargo de vereador e vice-presidente da autarquia eleito pelas listas do partido da rosa. Em 2017 candidatou-se pelo Bloco de Esquerda à Câmara de Mesão Frio.

O cabeça de lista da CDU é João Monteiro, de 63 anos. Natural do Peso da Régua, é assistente administrativo e dirigente do Clube de Caça e Pesca do Alto Douro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG