Mesão Frio

Linha do Douro esteve cortada após atropelamento mortal

Linha do Douro esteve cortada após atropelamento mortal

Um homem morreu, ao final da tarde deste sábado, quando foi colhido por um comboio na estação de Barqueiros, Mesão Frio. A linha do Douro esteve cortada, mas já reabriu.

Ao que o JN apurou, o homem estaria a caminhar pela linha férrea com um molho de canas às costas e não se apercebeu da aproximação do comboio.

O óbito do homem, com cerca de 55 anos, natural da freguesia de Vila Marim, foi declarado no local pelo médico da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), disse fonte da Proteção Civil de Vila Real.

De acordo com o comandante dos bombeiros de Mesão Frio, Paulo Silva, "esta é uma altura em que há vários grupos de pessoas que vão apanhar canas, que servem como estacas em hortas, por exemplo, e abundam à beira rio. Foi numa destas situações que este acidente fatal aconteceu".

Um dos colegas ainda chegou a alertar a vítima, mas sem sucesso.

O alerta para o acidente foi dado às 19.24 horas, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Vila Real.

No local, além da equipa da VMER, estiveram elementos dos Bombeiros de Mesão Frio e da GNR, num total de 14 operacionais e seis viaturas.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG