Peso da Régua

Ponte metálica reabilitada para passeios pedonais e de bicicleta

Ponte metálica reabilitada para passeios pedonais e de bicicleta

A Estradas de Portugal anunciou, esta quinta-feira, a reabertura da ponte metálica do Peso da Régua, depois de investidos cerca de 1,7 milhões de euros na sua reabilitação. A travessia sobre o rio Douro, que une os concelhos da Régua e de Lamego apenas vai permitir o trânsito exclusivo de pessoas apeadas ou em bicicleta.

Segundo a Estradas de Portugal (EP), a empreitada visou a reabilitação e o reforço dos encontros, dos pilares e de toda a estrutura metálica, de modo a devolver-lhe todas as condições de segurança e durabilidade.

As características originais da ponte foram salvaguardadas, nomeadamente através da colocação de pavimento em madeira e da reconstrução do pavimento em granito nos seus acessos. Também foi electrificada para permitir a instalação de iluminação decorativa que realce a beleza arquitectónica desta obra de arte.

A ponte metálica da Régua é considerada como um elemento de presença urbana marcante na cidade. Foi mandada construir pelo rei D. Luís I para atravessamento para o concelho de Lamego, tendo sido inaugurada em 1 de Dezembro de 1872. Em 1949 foi desactivada devido ao estado de degradação apresentado pelo tabuleiro em madeira, passando a circulação automóvel a fazer-se pela ponte de alvenaria construída entre 1925 e 1927.