Régua

Viagem inaugural do comboio histórico do Douro com lotação esgotada

Viagem inaugural do comboio histórico do Douro com lotação esgotada

Apesar das dúvidas da Comboios de Portugal em fazer esta campanha do Comboio Histórico do Douro, a locomotiva fez este sábado a primeira viagem pelas margens do rio Douro.

Este ano, e por causa da pandemia em vez dos habituais 250 lugares ocupados estão 168, que significam lotação esgotada. Todos de máscara no rosto e a cumprir as regras de segurança. "Não quisemos deixar de fazer a viagem e oferecer à região a possibilidade de prosseguir a sua missão de turismo", explica Ana Portela, diretora de comunicação da CP.

Quem não faltou à viagem foram os namorados Beatriz Ferreira, 25 anos e Olivier, de 29. Namoram há dois anos. Ela é de Famalicão e vive no Porto, ele é de Copenhaga. É a primeira vez que fazem o Comboio Histórico. Beatriz é apaixonada pela região do Douro e por isso quis transmitir o mesmo sentimento ao namorado, que diz já estar "rendido".

Jorge Almeida, mora no Porto, está a fazer a viagem do Comboio Histórico pelo quarto ano consecutivo. Este ano o que mais sente falta é a animação a bordo. "Os grupos de cantares acabam por interagir com todos os passageiros criando uma alegria extra" sustenta. Mas, ainda assim afirma: "vale sempre a pena" e enquanto puder vai continuar a fazer a viagem.

O comboio histórico vai fazer nove viagens (sábados) até 26 de setembro, entre a estação da Régua até à estação do Tua.

Outras Notícias