Ribeira de Pena

Encontrado corpo de mulher alegadamente morta pelo filho em outubro

Encontrado corpo de mulher alegadamente morta pelo filho em outubro

O cadáver da mulher de 67 anos, desaparecida desde o dia 4 de outubro, da aldeia de Bragadas, Ribeira de Pena, foi encontrado, este domingo à tarde.

O comandante dos bombeiros de Ribeira de Pena, António Martins, adiantou, este domingo, que a corporação "procedeu ao resgate de um cadáver do sexo feminino que terá sido detetado por uma equipa de caçadores numa linha de água de difícil acesso na localidade de Manscos".

Após o resgate e feitas as diligências por parte das autoridades, o cadáver foi transportado para o Instituto de Medicina Legal de Vila Real. No local estiveram seis operacionais dos bombeiros de Ribeira de Pena, a Polícia Judiciária de Vila Real e a Guarda Nacional Republicana.

O filho da vítima havia sido detido poucos dias depois do desaparecimento da mãe, por suspeita de homicídio e profanação de cadáver.

Ficou em silêncio quando encarou o juiz de instrução criminal, mas antes terá confessado à PJ de Vila Real que matou e se desfez do corpo. Terá agredido a própria mãe depois de esta se negar a dar-lhe 20 euros para vinho.

ver mais vídeos