Exclusivo

Corridas de Vila Real reclamam mais apoios públicos

Corridas de Vila Real reclamam mais apoios públicos

Circuito automóvel deste ano ainda não tem garantida comparticipação financeira do Governo ou de fundos comunitários.

O 51.º Circuito Internacional de Vila Real arranca na próxima sexta-feira ainda sem garantias de obtenção de apoio comunitário ou do Governo, tal como tem acontecido. O investimento de um milhão e meio de euros é assumido pela Câmara, para não deixar cair as corridas de automóveis, que têm forte impacto económico na cidade e na região, para além de as promoverem no Mundo. Porém, o autarca Rui Santos não poupa nas críticas à discriminação a que este evento é, afirma o edil, sujeito.

Portugal já é palco de provas mundiais de desporto motorizado, como a Fórmula 1, o Moto GP, o Rally de Portugal, a Taça do Mundo de Carros de Turismo (WTCR) em Vila Real e o Mundial de Rallycross em Montalegre. O alcance mediático destes eventos é enorme, chegando a dezenas de milhões de pessoas em todo o planeta. O presidente da Câmara de Vila Real entende que, uma vez que contribuem para "a notoriedade do país como um destino turístico de eleição", "seria natural que as entidades nacionais que tutelam o turismo e a promoção de Portugal apoiassem fortemente a realização destes eventos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG