Vila Real

Crianças vão de carrinho elétrico da cama para a cirurgia

Crianças vão de carrinho elétrico da cama para a cirurgia

Empresa MCoutinho entregou duas pequenas viaturas ao Hospital de Vila Real para ajudar a distrair internados na Pediatria.

Uma é Maria Rita e outra é Ana Rita. Chegam juntas a uma sala do edifício da Pediatria do Hospital de Vila Real, onde há dois automóveis em miniatura estacionados. Parecem de brincar, mas andam mesmo. São elétricos e foram oferecidos pelo Grupo MCoutinho.

As meninas estão envergonhadas. Tanta gente a olhar para elas! Sentam-se nos carrinhos e ficam a olhar. Até que lhes pedem para carregar no pedal. O branco de Ana Rita é mais nervoso. Demora a encontrar-lhe o jeito. O vermelho de Maria Rita arranca devagar. E lá vão as duas, corredor fora.

Nenhuma delas está internada. Maria Rita esteve, na semana passada, devido a uma infeção pulmonar, mas já teve alta. Desta vez vão à consulta e calha-lhes em sorte estrearem os carrinhos, que hão de servir para outras crianças os conduzir na viagem entre a enfermaria e o bloco cirúrgico.

Entre a vergonha de estarem tantas pessoas com os olhos postos nela e de ainda por cima os jornalistas lhe quererem fazer perguntas, Ana Rita, com oito anos, de Alijó, acena logo com a cabeça que não responde a nada. Maria Rita, quatro anos, de Vila Real, acena que sim, mas os "sins" e os "bons" contam-se pelos dedos das mãos.

A mãe da mais pequena, Ana Isabel Abreu, toma-lhe o lugar e diz que a iniciativa é "uma forma de as crianças internadas passarem melhor o tempo sem estarem sempre no telemóvel". Elsa Carvalho, mãe de Ana Rita, acrescenta que "os dias de internamento custam muito", pelo que os carrinhos podem "ajudar a distrair".

Ocupar o tempo

PUB

Para Eurico Gaspar, diretor da Pediatria, "estar no hospital não é agradável, pelo que qualquer iniciativa para ocupar o tempo é bem-vinda".

Cuidados humanizados

"Os carrinhos ajudam a cumprir a missão do hospital na prestação de cuidados humanizados e de proximidade", considera o enfermeiro-diretor Júlio Azevedo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG