O Jogo ao Vivo

Exclusivo

GNR salva mulher de carro no rio: "Amarrei a corda à cintura e atirei-me à água"

GNR salva mulher de carro no rio: "Amarrei a corda à cintura e atirei-me à água"

Pedro Lourenço lutou contra a corrente do Mondego, em Nelas, e conseguiu tirar a vítima pela janela numa reação rápida. "Amarrei a corda à cintura e atirei-me à água", conta.

Um militar da GNR, de férias, salvou uma mulher de 56 anos presa numa carrinha, que caiu ao rio Mondego após um despiste, sexta-feira de manhã, em Póvoa de Luzianes, no concelho de Nelas. Pedro Lourenço, o herói de 44 anos, atirou-se ao rio, tirou a mulher pela janela do veículo e nadou com ela até à margem. "Foi tudo muito rápido", recorda, ao JN.

Eram 7.45 horas quando Pedro Lourenço, militar no posto de Viseu, de onde é natural, ia a passar de carro na ponte do rio Mondego, na EN 231, e apercebeu-se que dois lanços do gradeamento da ponte estavam derrubados. Quando parou o carro e olhou para baixo, viu uma carrinha parcialmente submersa com uma mulher presa no interior a gritar por socorro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG