O Jogo ao Vivo

Viseu

EDP corta a luz na Conservatória de Santa Comba Dão

EDP corta a luz na Conservatória de Santa Comba Dão

Tinha um contrato para obras que expirou em 2019

A Conservatória do Registo Civil e Predial de Santa Comba Dão está desde esta quinta-feira sem eletricidade. A energia foi cortada ao início da tarde de hoje pela empresa E-Redes, que pertence ao universo da EDP. O Palácio de Justiça de Santa Comba Dão, onde a conservatória funciona, não foi afetado.

O corte de luz apanhou de surpresa pelo menos uma dezena de pessoas que ontem à tarde passaram pelo serviço público e que deram com o nariz na porta. Na entrada estava afixado um aviso, escrito à mão, que dizia: "Não existe energia elétrica. Por esse motivo estamos encerrados".

PUB

Na Conservatória trabalham sete pessoas, que esta tarde estiveram de braços cruzados. Para além de não terem acesso ao computador, os telefones também ficaram mudos.

A E-Redes confirmou ao JN o corte de energia e explica que este se deveu ao facto de a conservatória "ter um contrato provisório de consumo de obras, cuja licença expirou em 2019". "A E-Redes cumpriu todos os prazos regulamentares, tendo em conta que a interrupção não foi efetuada mais cedo na sequência dos constrangimentos causados pela pandemia", respondeu.

O JN não obteve resposta do Instituto dos Registos e do Notariado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG