Incêndios

Tondela apela ao fim da doação de roupa

Tondela apela ao fim da doação de roupa

A Câmara de Tondela apelou ao fim da doação de roupas, na sequência dos incêndios do dia 15, já que a capacidade de armazenamento e distribuição está esgotada e as quantidades são suficientes para as necessidades.

"O município de Tondela vem por este meio agradecer profundamente a enorme onda de solidariedade que se gerou com a nossa comunidade após os violentos incêndios e informar que, fruto dessa mesma solidariedade, não nos é possível aceitar mais doações de roupa. Temos a nossa capacidade de armazenamento e distribuição esgotada com mais do que quantidades para dar de resposta às necessidades da nossa comunidade".

A autarquia informa, por isso, que a partir de agora não pode aceitar mais roupa.

"Sabemos da enorme boa vontade de todos, mas esperamos que compreendam a nossa posição e pedimos a todos que dirijam os esforços a outros que poderão necessitar mais do que nós. Um enorme bem-haja a todos", lê-se numa nota da Câmara.

As centenas de incêndios que deflagraram no dia 15, o pior dia de fogos do ano, segundo as autoridades, provocaram 44 mortos e cerca de 70 feridos, mais de uma dezena dos quais graves.

Esta é a segunda situação mais grave de incêndios com mortos em Portugal, depois de Pedrógão Grande, em junho deste ano, em que um fogo alastrou a outros municípios e provocou, segundo a contabilização oficial, 64 vítimas mortais e mais de 250 feridos. Registou-se ainda a morte de uma mulher que foi atropelada quando fugia deste fogo.

ver mais vídeos