Covid-19

Câmara de Viseu ameaça fechar esplanadas face ao aumento de casos

Câmara de Viseu ameaça fechar esplanadas face ao aumento de casos

O município viseense promete "tomar as medidas que tiverem que ser tomadas" para baixar os casos de infeção do novo coronavírus.

Na última semana, o concelho de Viseu registou 296 novos casos de infeção por covid-19. A taxa de incidência da doença é agora de 536 por 100 mil habitantes. O município tem, nesta altura, 422 casos ativos e cerca de 1320 pessoas em isolamento profilático.

O aumento do número de doentes levou já a Câmara Municipal a lançar um aviso a quem tem esplanadas. Se os proprietários não ajudarem a alertar os clientes para o cumprimento das regras de segurança, de modo a baixar os contágios, estes espaços podem ser encerrados.

"Se nós não tivermos a perceção concreta de que existe uma consequência deste nosso apelo, pomos em cima da mesa inclusivamente reduzirmos ou anularmos as licenças de esplanadas porque o esforço tem que ser feito coletivamente", afirma o vereador com o pelouro do Turismo na autarquia.

Fernando Marques diz compreender que o setor dos bares e restaurantes "está massacrado" pela pandemia e sustenta que a Câmara é dos "últimos a querer perturbar mais do que já está a atividade destes operadores económicos, a não ser que" seja obrigada a fazê-lo "perante o estado de saúde coletivo" que, defende o responsável, "é a prioridade máxima" do executivo.

O município viseense promete assim "tomar as medidas que tiverem que ser tomadas" para baixar os casos de infeção do novo coronavírus.

A fiscalização no centro histórico da cidade já foi reforçada, em conjunto com a polícia, e os eventos de animação no âmbito da programação "Verão na Cidade-Jardim" foram cancelados.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG