Viseu

População manifestou-se à porta do Bispo para evitar substituição de padre

População manifestou-se à porta do Bispo para evitar substituição de padre

Cerca de duzentas pessoas voltaram a manifestar-se contra a saída do padre José Caldeira, que há 14 anos serve as freguesias de Cavernães, Cepões, e Mundão.

A população está contra a decisão do Bispo de Viseu, D. Ilídio Leandro, que, em finais de setembro, vai substituir o pároco a quem os fiéis chamam de "pai dos pobres", por não cobrar dinheiro. "O dinheiro que lhe damos ele entrega-o à comissão fabriqueira", explicou uma das manifestantes.

Ao padre atribuem ainda o mérito de ter conseguido levar crianças, jovens e idosos para a Igreja. Segundo o presidente da junta de Cavernães, o Bispo justificou a saída com o facto de o padre "não cobrar dinheiro e não ser rentável para a diocese".

A versão foi desmentida ao JN pelo Bispo de Viseu que não quis dar mais explicações.

Depois do protesto do passado domingo, a população queria esta sexta-feira falar com o Bispo, para o tentarem convencer a recuar na decisão, mas não tiveram sucesso.

"Os padres que vieram à porta disseram que o D. Ilídio Leandro só nos poderia receber a 2 de agosto. Cá estaremos com a população", adiantou o presidente da junta de freguesia de Cavernães, Jorge Martins.