Guerra

Viseu já angariou 10 toneladas de ajuda para a Ucrânia

Viseu já angariou 10 toneladas de ajuda para a Ucrânia

A campanha iniciada há uma semana em Viseu com vista a ajudar o povo ucraniano já permitiu angariar 10 toneladas. Logo nos primeiros dois dias foram recolhidos três mil quilos de bens alimentares, medicamentos e roupas. Seguiram depois mais sete toneladas num camião com destino à fronteira da Polónia com a Ucrânia.

"A ajuda humanitária superou, numa semana, as melhores expectativas", assumem os promotores da campanha, a Câmara Municipal, Instituto Politécnico, Associação Viriatos.14 e Associação dos Ucranianos de Viseu.

As dádivas não param de chegar à Loja Solidária do IPV, que tem estado a abarrotar. Contribuíram para esta causa anónimos, associações, empresas, juntas, escolas, organizações religiosas e comerciantes.

PUB

"Neste momento, está disponível mais um carregamento TIR, no terminal disponibilizado pelo Regimento de Infantaria 14, o qual seguirá muito em breve" para a Ucrânia, refere a rede de instituições que está a levar a cabo a ação solidária.

Os promotores da campanha estão a pedir agora a ajuda de mais voluntários para durante o fim de semana separarem e embalarem todo o material doado para ajudar quem está a sofrer com a guerra.

"Militares no ativo e na reserva, docentes, funcionários e estudantes do politécnico, voluntários de todos os setores da comunidade viseense e voluntários e comunidade ucraniana encontram-se na Loja Solidária do IPV e numa jornada contínua, sem descanso nem fins de semana, das 9 horas às 20 horas, efetuam a triagem dos bens doados e o seu embalamento", explicam.

Depois são os Bombeiros Voluntários de Viseu que transportam esse material para um armazém no Regimento de Infantaria 14, de onde sairá num camião TIR, disponibilizado por empresa local, até à fronteira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG