Gilda Ribeiro, enfermeira com 48 anos, foi a primeira profissional de saúde a ser vacinada contra a covid-19 no Hospital de Braga. Unidade recebeu 660 doses da vacina, que vão ser administradas entre esta terça e quarta-feira.

Covid-19

Enfermeira Gilda Ribeiro foi a primeira a ser vacinada no Hospital de Braga

Enfermeira Gilda Ribeiro foi a primeira a ser vacinada no Hospital de Braga

O relógio marcava 8.37 horas, quando se assinalou esse momento "de esperança", classificou.

"Nunca tive dúvidas, confio plenamente na vacina", disse Gilda Ribeiro, aos jornalistas, já depois da picada "que não provocou qualquer dor".

O enfermeiro Hélder Machado, que administrou o fármaco, falou de "um dia especial". "Estou a fazer parte de um processo que representa uma mudança de paradigma", sublinhou, de sorriso no rosto.

Eduarda Gomes, outra enfermeira que assumiu o mesmo papel, confessou ao JN que, na última madrugada, "quase não dormiu" com a ansiedade. "É uma sensação boa, de estar a dar esperança às pessoas".

O Hospital de Braga arrancou com 660 doses da vacina, que vai ser administrada entre esta terça e quarta-feira aos profissionais que estão na linha da frente no combate à covid-19, desde médicos a assistentes operacionais.

"Desde que chegou a pandemia, este foi um dos temas principais e, finalmente, ainda no ano 2020, conseguiu-se ter acesso a uma vacina para resolver mais rapidamente o problema da pandemia", afirmou o diretor clínico, Jorge Marques, falando de um "alento" para os meses que se seguem.

O Hospital de Braga contava, até esta segunda-feira, com 70 doentes internados em enfermaria e 27 nos cuidados intensivos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG