Porto de Mós

Ano de incêndios assusta proprietários e aperta fiscalização

Your browser doesn't support HTML5 video.

O JN acompanhou uma ação de sensibilização da GNR no Juncal, concelho de Porto de Mós, e constatou o muito que há ainda a fazer em matéria de proteção contra incêndios, por falta de informação.

A cinco dias do final do prazo dado pelo Governo para os proprietários limparem o mato nas áreas florestais e cortarem as árvores junto às casas, sobram ainda muitas dúvidas sobre o que fazer nos terrenos. Há pessoas a cortar árvores protegidas por lei, outras a deitar abaixo árvores de fruto e jardins, e outras que pura e simplesmente não tocam no coberto florestal por falta de rendimentos.