Rui Franco, presidente da junta de S. Martinho da Cortiça e Adelino Almeida, presidente da junta de Cerdeira e Moura da Serra, fizeram um balanço do "dia mais negro da história". Nas duas freguesias registaram-se três vítimas mortais.

Coimbra

"Pensámos que a aldeia ia arder toda, que íamos ficar sem nada"

"Pensámos que a aldeia ia arder toda, que íamos ficar sem nada"

ver mais vídeos