A Amnistia Internacional realizou uma vigília, esta quinta-feira, antevéspera da Cimeira União Europeia-Índia, que decorre no Porto, para "pressionar o Governo indiano a terminar com a repressão" naquele país.

Amnistia Internacional

Mil velas acesas em vigília junto ao Palácio de Cristal contra repressão na Índia

Mil velas acesas em vigília junto ao Palácio de Cristal contra repressão na Índia

A organização considera que a reunião entre os chefes de Estado e de Governo da União Europeia (UE) e o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, que participará remotamente devido à situação da pandemia de covid-19 no país, constitui "a oportunidade ideal para agir e incitar os líderes europeus a pressionar Narendra Modi a acabar com a perseguição e intimidação à sociedade civil no país".

Oficialmente designada Reunião de Líderes UE-Índia, a Cimeira realiza-se um dia depois da Cimeira Social, a 07 de maio, que reúne chefes de Estado e de Governo dos 27 Estados-membros, parceiros sociais e representantes de organizações de sociedade civil para debater o plano de ação do Pilar Social Europeu, e no mesmo dia da reunião informal dos líderes dos 27, também no Porto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG