Mulheres de várias nacionalidades estão a dar a volta ao mundo em motorizadas. Iniciativa pretende mostrar que as motos não são um transporte só de homens e que há cada vez mais mulheres o utilizam.

Vinhais

Mulheres de vários países juntam-se para dar a volta ao mundo de moto

Mulheres de vários países juntam-se para dar a volta ao mundo de moto

O primeiro grupo saiu da Escócia no dia 27 de fevereiro e sempre que se cruza a fronteira de um novo país é passado um testemunho entre as embaixadoras. Quer as que o entregam, quer as que o recebem, assinam depois um documento que reunirá assinaturas das mulheres dos vários países.

O testemunho entrou em Portugal por Vinhais, esta sexta-feira à noite, e foi entregue a Maria Duarte, responsável pela viagem na zona Norte.

O grupo, que inclui portuguesas, espanholas, inglesas e uma australiana, vai dar a volta a Portugal este fim de semana e depois reentra em Espanha por Ayamonte.

A ideia das mulheres darem a volta ao mundo de moto começou no Facebook quando uma inglesa decidiu criar um grupo, em agosto de 2018. Só num mês registaram-se 10 mil motociclistas, mas já são cerca de 15 mil as que aderiram a esta causa.

Está previsto que a viagem termine a janeiro de 2020 nos Emirados Árabes Unidos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG