Desporto

Benfica desperdiça vantagem e empata 2-2 com Manchester United na Youth League

Benfica desperdiça vantagem e empata 2-2 com Manchester United na Youth League

O Benfica esbanjou hoje uma vantagem de dois golos frente ao Manchester United e, dessa forma, a possibilidade de subir à liderança do Grupo A da Youth League de futebol, ao empatar 2-2 na receção à equipa inglesa.

O vice-campeão da prova que replica o modelo da Liga dos Campeões inaugurou o marcador aos 40 minutos, por intermédio de Nuno Santos, aumentando a vantagem aos 51, com um golo de José Gomes, mas Bohui evitou a derrota dos 'red devils', ao 'bisar', aos 70, de grande penalidade, e 90.

O Benfica manteve-se na segunda posição do agrupamento, com menos dois pontos do que o Manchester United, mas viu o Basileia ficar a apenas um de distância, depois de a equipa suíça ter vencido por 3-2 no estádio do CSKA Moscovo.

A equipa lisboeta revelou-se sempre mais perigosa no ataque durante a primeira parte, ficando muito perto de inaugurar o marcador pouco depois da meia hora de jogo, quando João Filipe acertou no poste da baliza inglesa, após passe de Nuno Santos.

O capitão do Benfica não demorou muito tempo a retribuir a amabilidade do colega, isolando Nuno Santos perante o guarda-redes eslovaco Fojticek e o avançado 'encarnado' aproveitou para inaugurar o marcador, aos 40 minutos.

O cenário repetiu-se no início da segunda parte: na sequência de um canto marcado por João Filipe, José Gomes acertou no poste - com a bola a ser ainda desviada por um defesa inglês -, e, à segunda tentativa, aumentou mesmo a vantagem dos anfitriões, antecipando-se a Fojticek.

O Manchester United reentrou na discussão pelo resultado aos 70 minutos, através de uma grande penalidade concretizada por Bohui, na sequência de uma falta cometida por Paolo Medina sobre o avançado da equipa britânica.

Já depois de o treinador dos 'red devils', Nicky Butt, ter sido expulso, o Manchester United chegou ao empate, aos 90 minutos, numa jogada individual de Bohui, que beneficiou da passividade da defesa benfiquista e atirou fora do alcance do guarda-redes Daniel Azevedo.

Jogo no complexo desportivo Caixa Futebol Campus, no Seixal.

Benfica -- Manchester United, 2-2.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Nuno Santos, 40 minutos.

2-0, José Gomes, 51.

2-1, Bohui, 70 (g.p.).

2-2, Bohui, 90.

Equipas:

- Benfica: Daniel Azevedo, Paolo Medina, Pedro Álvaro, Gonçalo Loureiro, Ricardo Araújo, Florentino, Gedson Fernandes, João Félix (Diogo Mendes, 78), Nuno Santos (Umaro Embaló, 64), João Filipe e José Gomes (David Tavares, 84).

(Suplentes: Diogo Garrido, Diogo Mendes, Ventura Pinheiro, Diogo Pinto, David Tavares, Umaro Embaló e Mesaque Dju).

Treinador: João Tralhão.

- Manchester United: Fojticek, Barlow, Sang (Burkart, 46), Hamilton, Warren, O'Connor, Boonen (Baars, 62), Williams, Tanner (Garner, 70), Laird e Bohui.

(Suplentes: Thompson, Dunne, Baars, Ercolani, Burkart, Williams e Garner).

Treinador: Nicky Butt.

Árbitro: Juan Martinez Munuera (Espanha)

Ação disciplinar: cartão amarelo para Tanner (45+4), Burkart (54), Laird (78), José Gomes (82), O'Connor (83), David Tavares (86), Florentino (88), Dunne (90) e Fojticek (90+3).