O Jogo ao Vivo

Nacional

Bispos preocupados com falta de "debate sério" sobre mudança de sexo aos 16 anos

Bispos preocupados com falta de "debate sério" sobre mudança de sexo aos 16 anos

O conselho permanente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) manifestou-se hoje preocupado sobre a proposta legislativa da mudança de sexo aos 16 anos sem autorização dos pais e a falta de um debate sério sobre o assunto.

"O conselho permanente mostrou preocupação em relação à proposta legislativa sobre a mudança de sexo a partir dos 16 anos, sem autorização dos pais, e ao modo como se está a tratar assunto tão importante sem debate sério na sociedade", afirmou o padre Manuel Barbosa, Secretário e Porta-voz da CEP, em comunicado.

Na reunião realizada hoje em Fátima, o conselho permanente da Conferência Episcopal Portuguesa manifestou ainda uma "sentida homenagem" a Manuel Martins, bispo de Setúbal entre 1975 e 1998, recentemente falecido, "pelo seu fecundo testemunho de vida, pela profunda humanidade e atenção permanente às pessoas, pela intransigente defesa dos direitos humanos e dos valores evangélicos" e pela "extrema dedicação às gentes de Setúbal, durante os seus 23 anos como pastor da Diocese e pelos serviços que prestou a toda a Igreja em Portugal".

A reunião de hoje serviu igualmente, segundo Manuel Barbosa, para preparar a agenda da próxima assembleia plenária da CEP, que vai decorrer em Fátima entre 13 e 16 de novembro e que inclui reflexões sobre a formação sacerdotal, preparação para o matrimónio à luz da exortação apostólica do papa Francisco "Amoris Laetitia" (A Alegria do Amor) e uma apresentação da síntese das respostas das dioceses portuguesas ao questionário para a próxima sessão do Sínodo dos Bispos sobre o tema "os jovens, a fé e o discernimento vocacional".