Desporto

COMENTÁRIO: Académica regressa às vitórias em casa frente ao Leixões

COMENTÁRIO: Académica regressa às vitórias em casa frente ao Leixões

A Académica assumiu hoje a liderança da II Liga de futebol, ao vencer o Leixões por 2-1, em jogo 29.ª jornada da prova, disputado em Coimbra.

Depois de três jogos consecutivos sem vencer em casa - duas derrotas e um empate -, a "briosa" regressou às vitórias caseiras, beneficiando de um autogolo de Ricardo Alves, aos 67 minutos, isto depois de Balogun ter adiantado a Académica, logo aos dois minutos, e de Evandro Brandão ter igualado, aos 36.

O jogo iniciou-se praticamente com o golo da Académica, aos dois minutos, num remate de Balogun, a recarga de um primeiro remate de Djoussé.

O jogo entrou numa toada equilibrada, com oportunidades para os dois lados, mas foram os visitantes a marcar aos 36 minutos, por Evandro Brandão, que, na pequena área e sem marcação, cabeceou fora do alcance de Ricardo Ribeiro, após cruzamento da direita de Breitner.

A Académica poderia ter desfeito a igualdade aos 41 minutos, numa cabeçada de cima para baixo de Balogun, que levou a bola a 'beijar' o poste da baliza contrária, no seguimento de um cruzamento de Marinho para o segundo poste.

Na segunda parte, a 'briosa' manteve maior ascendente no jogo, mas com muita falta de discernimento no setor ofensivo.

O golo da vitória dos 'estudantes' foi apontado pelo defesa-central Ricardo Alves na própria baliza, aos 67 minutos, quando tentava aliviar um cruzamento da direita.

Jogo no Estádio Cidade de Coimbra.

Académica - Leixões, 2-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Balogun, 02 minutos.

1-1, Evandro Brandão, 36.

2-1, Ricardo Alves, 67 (própria baliza).

Equipas:

- Académica: Ricardo Ribeiro, Mike, João Real, Zé Castro, Nélson Pedroso, Fernando Alexandre (Dias, 63), Guima, Chiquinho, Marinho (Luisinho, 56), Balogun e Djoussé (Diogo Ribeiro, 81).

(Suplentes: Guilherme, Dias, Zé Tiago, Brendon, Diogo Ribeiro, Luisinho e Tozé).

Treinador: Ricardo Soares.

- Leixões: André, Jorge Silva (Ricardo Barros, 73), Jaime (Bruno Lamas, 80), Ricardo Alves, João Lucas (Belima, 58), Amine, Breitner, Luís Silva, Medarious, Derick e Evandro Brandão.

(Suplentes: Tony, Bruno Lamas, China, Belima, Ricardo Barros, Semedo e Vá).

Treinador: Francisco Chaló.

Árbitro: Jorge Sousa (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Lucas (53), Djoussé (55), Nélson Pedroso (84 e 90+5), Diogo Ribeiro (89) e Ricardo Alves (90+4). Cartão vermelho para Nélson Pedro (90+5) por acumulação de amarelos.

Assistência: 3.842 espetadores.