Desporto

COMENTÁRIO: Académico de Viseu mantém liderança ao vencer em casa do Famalicão

COMENTÁRIO: Académico de Viseu mantém liderança ao vencer em casa do Famalicão

O Académico de Viseu venceu hoje 1-0 em casa do Famalicão, em jogo da 10.ª jornada da II Liga de futebol, que ficou marcado por agressões na bancada presidencial.

O único golo a partida foi apontado por Avto aos 34 minutos, mas o momento mais 'quente' do jogo deu-se aos 73 minutos quando, na sequência de um lance polémico em que fica a dúvida sobre se um remate de Erivaldo chega a cruzar a linha de baliza, a Polícia teve de intervir, devido a agressões na bancada presidencial.

Com este resultado o Académico de Viseu mantém-se no comando isolado da tabela com 22 pontos, enquanto o Famalicão é sétimo, com 14 pontos.

A equipa famalicense até começou melhor a partida, com Anderson, que ganhava muitas bolas aos centrais da equipa forasteira, a dispor de duas oportunidades flagrantes (quatro e sete minutos), mas ambas a saírem a lado.

O Académico de Viseu apareceu tímido no terreno, mas rapidamente se percebeu que afinal a estratégia estava afinada.

Aos 17 minutos, Avto, após passe de Ferreira, rematou para fora, mas aos 34 o avançado georgiano do Académico de Viseu não falhou e marcou um bom golo: Joel cruzou, Gabriel ainda tocou a bola, mas o pontapé de bicicleta de Avto tinha 'selo' de golo.

Na segunda parte, Sandro Lima, do Académico de Viseu, atirou ao lado, após má receção de Fred (51 minutos), e no Famalicão, Poulson cabeceou por cima, após jogada combinada entre Feliz e Rui Costa (59).

O lance polémico -- que originou os 'desacatos' na bancada -, aconteceu aos 73 minutos, com Erivalto a rematar rasteiro e a ficar a dúvida se a bola chegou a passar totalmente a linha de golo antes do corte de Nuno Diogo.

Os incidentes na bancada presidencial obrigaram à intervenção da PSP.

Até ao final do jogo, o Famalicão continuou a insistir, na procura do empate, mas Rui Costa atirou ao lado aos 78, e Willian, já nos descontos rematou, de livre, para defesa de Peçanha.

Jogo no Estádio Municipal de Famalicão.

Famalicão - Académico de Viseu, 0-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Avto, 34 minutos.

Equipas:

- Famalicão: Gabriel, Joel (Michael Thuique, 80), João Faria, Nuno Diogo, Jorge Miguel, Fred (Willian, 57), Vítor Lima, Hocko, Feliz, Anderson (Rui Costa, 57) e Jaime Poulson.

(Suplentes: Nuno Castro, Ângelo, Zé Lucas, Denner, Willian, Michael Thuique e Rui Costa).

Treinador: Dito.

- Académico de Viseu: Peçanha, Joel, Bura, Pica, Kiko, Erivaldo (Fábio Santos, 86), Fernando Ferreira, Paná, Avto (Yuri, 90+2), Zé Paulo e Sandro Lima (Barry, 81).

(Suplentes: Jonas, Fábio Santos, Rui Miguel, Yuri, Lucas, Barry e Bruno Loureiro).

Treinador: Francisco Chaló.

Árbitro: Hugo Miguel (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Jorge Miguel (27), Sandro Lima (44), Hocko (77), Pica (79), Nuno Diogo (82), Poulson (90+4) e Barry (90+6).

Assistência: cerca 1.996 espetadores.