Desporto

Domingos quer quarta vitória para o Belenenses e rejeita rótulo de "porcos, feios e maus"

Domingos quer quarta vitória para o Belenenses e rejeita rótulo de "porcos, feios e maus"

O treinador do Belenenses afirmou hoje querer "dar continuidade" às três vitórias consecutivas na I Liga portuguesa de futebol, diante do Tondela, e criticou as pessoas que esta semana trataram os 'azuis' como "porcos, feios e maus".

"Vamos defrontar um adversário direto, que luta pela manutenção como nós, portanto pensamos em ganhar. Queremos dar continuidade ao que foram os últimos três jogos. Queremos ir para a quarta [vitória]", afirmou Domingos Paciência, em conferência de imprensa.

O técnico falava na antevisão da partida da nona jornada, no domingo, perante um adversário que está a passar um momento difícil, tanto desportiva, uma vez que ainda não venceu em casa, como socialmente, devido aos incêndios que assolaram a região.

"O Tondela é uma equipa que tem tido dificuldades em ganhar jogos em casa, ainda não ganhou nenhum. É natural que esteja a procurar unir-se e superar-se. Temos de estar preparados para isso. Sabemos quais os resultados do Tondela e as condições em que vai jogar", referiu.

De resto, Domingos abordou o diferendo que opôs os dois clubes esta semana, na sequência de um pedido de adiamento do jogo que acabou por não se concretizar e que levou o Tondela a anunciar um corte de relações com os 'azuis'.

"Nem queria abordar o assunto, porque, como treinador, tenho de me preocupar com o rendimento desportivo. No entanto, ninguém pode abstrair-se do que aconteceu. Somos todos solidários, porque é a nação portuguesa que está a sofrer", começou por transmitir Domingos numa primeira fase, referindo-se à vaga de incêndios que atingiu o país.

Contudo, o técnico foi mais longe ao abordar a questão do adiamento: "A data proposta [19 ou 20 de novembro] colocava-nos um calendário de muita exigência. A 24 de novembro jogamos com o Chaves, a 28 com o União da Madeira e a 01 de dezembro com o Sporting. Seriam quatro jogos em 10 dias. Não nos ponham o rótulo de porcos, feios e maus, até mesmo a nossa própria claque e o clube, quando não estão por dentro do que se passou. Amanhã [domingo] vamos para um jogo normal de campeonato e não com a hostilização que estão a querer usar. Ninguém disse que o Tondela está frágil e debilitado. O Pepa é que falou nisso. Não percebi a intenção dele".

Belenenses, oitavo classificado com 13 pontos, e Tondela, 15.º com seis, jogam no domingo, a partir das 16:00, no Estádio João Cardoso, numa partida que será dirigida pelo árbitro Gonçalo Martins, da Associação de Futebol de Vila Real.