Desporto

'Expresso' búlgaro Dimitrov imita Federer e faz o pleno nas ATP Finals

'Expresso' búlgaro Dimitrov imita Federer e faz o pleno nas ATP Finals

O búlgaro Grigor Dimitrov fechou hoje o grupo Pete Sampras das ATP Finals de ténis com mais uma vitória, muito rápida e por números muitos desnivelados, confirmando a passagem às meias-finais do torneio, a decorrer em Londres.

Dimitrov precisou de apenas uma hora certa para 'esmagar' com um duplo 6-1 o espanhol Pablo Carreno Busta, convidado de última hora para suprir a vaga aberta com a lesão do seu compatriota Rafael Nadal.

Com este sucesso, Dimitrov termina o grupo cem por cento vitorioso e agora vai defrontar, numa das meias-finais, o norte-americano Jack Sock. Na outra, estarão o suíço Roger Federer, grande dominador do grupo Boris Becker, e o belga David Goffin, que se qualificou hoje, mais cedo.

Numa partida antecipadamente sem história - era para cumprir calendário -, Dimitrov não quis abrandar e ganhou 11 pontos de seguida e quatro jogos. Pablo Carreno precisou de 21 minutos para finalmente ganhar um jogo, em tudo o resto foi positivamente 'esmagado' pelo melhor jogo do adversário.

Pior ficou no segundo 'set' o último vencedor do Estoril Open, já que teve de ser assistido, com problemas no adutor esquerdo. Sem motivação, limitou-se a ver a derrota evoluir.

Quanto a Goffin, oitavo do 'ranking' mundial, discutiu com o austríaco Dominic Thiem, quarto, a última vaga nas meias-finais, com o belga a levar a melhor, com um triunfo por 6-4 e 6-1, em uma hora e 12 minutos.

O austríaco até entrou melhor no encontro e chegou a estar a vencer por 3-0 no primeiro set, mas acabou por permitir a reviravolta a Goffin, que venceu cinco jogos consecutivos.

No segundo parcial, Thiem apenas venceu o seu primeiro jogo de serviço, com Goffin a triunfar nos seis seguintes.