Desporto

Futebol: I Liga / Boavista -- Moreirense (declarações)

Futebol: I Liga / Boavista -- Moreirense (declarações)

Declarações após o jogo Boavista-Moreirense (1-0), da 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado hoje no Estádio do Bessa, no Porto:

Jorge Simão (treinador do Boavista): "Foi uma vitória muito saborosa, porque vínhamos de dois jogos em que não tínhamos conseguido somar qualquer ponto e passamos duas semanas em que não disputamos qualquer jogo oficial, ao contrário nosso adversário que tinha feito um jogo para a Taça da Liga e um para a Taça de Portugal.

Foi também uma vitória perfeitamente justifica por aquilo que aconteceu ni decurso dos 90 minutos.

A primeira parte foi mais dividida, mas na segunda parte o Moreirense fez um remate, que nem sequer foi enquadrado com baliza, e nós temos quatro bolas de golo. Podíamos ter feito mais golos e acabado o jogo com outra tranquilidade.

Tinha duas opções no banco em termos de ponta de lança, é verdade [utilizou Leonardo Ruiz, mas Rui Pedro não saiu do banco]. As minhas opções são tomadas com base, ponto um, nas características dos jogadores e no contributo que elas podem dar para o jogo e, ponto dois, e aquilo que é a dedicação e o trabalho diário. Só posso dar mérito aos jogadores que se entregam à equipa e que acrescentam a qualidade que têm ao serviço da equipa.

Os jogadores sabem como é que minha cabeça funciona em relação às decisões. Dou tempo de jogo àqueles que estão melhor preparados para dar o seu contributo à equipa.

Os objetivos do [Boavista] estão perfeitamente traçados e não é uma vitória ou uma derrota que nos faz andar para cima ou para baixo. Temos essa meta, é essa meta."

Sérgio Vieira (treinador do Moreirense): "O que correu mal foi, em termos ofensivos, não conseguirmos dar sequência ao que foi o nosso início do jogo, pois entrámos com bastante agressividade e tivemos uma ou outra situação de chegada à área do Boavista.

À medida que o tempo foi passando, acabámos por perder essa agressividade ofensiva e não conseguimos ter as oportunidades e as situações de finalização que desejávamos.

Vamos iniciar uma nova semana de trabalho e tentar melhorar os processos coletivos e individuais, para verificarmos se necessitamos ou não de fazer algum reajuste no nosso plantel.

Quantas mais soluções tivermos mais possível é manter a dinâmica à medida que o tempo vai passando. Se tivermos soluções no banco conseguimos colocar jogadores frescos para algumas posições.

Vínhamos de dois jogos de grau de dificuldade diferente, um com o Feirense e o outro com o Felgueiras, nos quais conseguimos ter uma dinâmica bem melhor da que tivemos hoje. Este foi o primeiro jogo fora que realizei frente de Moreirense

Temos capacidade para dar a volta à situação e sair da posição que ocupamos na tabela. Nada se muda em poucas semanas.

Foi uma derrota devido a um lance de bola parada e à eficácia de um jogador. O adversário não justificou assim tanto para sair com os três pontos. Na segunda parte é que não justificou mesmo."