O Jogo ao Vivo

Economia

Inaugurados quatro centros de operação logística no porto de Leixões

Inaugurados quatro centros de operação logística no porto de Leixões

Quatro centros de operação logística foram hoje inaugurados no porto de Leixões pela ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, que salientou a importância deste tipo de infraestruturas para o sistema portuário nacional.

De acordo com um comunicado da Administração dos Portos do Douro e Leixões (APDL), a ministra inaugurou os novos centros de operação logística e inteirou-se dos investimentos feitos na Plataforma Logística que tem já várias empresas instaladas e em fase de instalação.

Aquela plataforma obedece a um modelo polinucleado, que reúne dois polos.

Segundo a APDL, o polo 1, a dois quilómetros de distância do porto de Leixões, tem uma área total de 31 hectares, uma área de construção de 9,1 hectares que inclui serviços de apoio às empresas e aos veículos, e possui uma ocupação atual superior a 38%.

O polo 2, com uma área total de 35 hectares, uma área de construção de 8,6 hectares, e ligação a terminal intermodal ferroviário, encontra-se a uma distância de três quilómetros do porto de Leixões, possuindo uma taxa de ocupação de 47%.

Segundo a mesma fonte, a APDL está a preparar um concurso público para a concessão da atividade de exploração da plataforma logística de Leixões e irá promover a conclusão do investimento em infraestruturas incumbindo aos privados o investimento em superestruturas, nomeadamente armazéns.

O investimento global associado à Plataforma Logística do porto de Leixões está estimado em 176 milhões de euros, e o valor de investimento realizado até ao momento pela APDL ascende a 106 milhões de euros.

De acordo com a mesma fonte, o investimento público previsto nos próximos três anos é de 13,6 milhões de euros relativo à infraestruturação da área sul do polo 2 da plataforma logística.