Economia

Inspetores das pescas entram hoje em greve ao trabalho suplementar

Inspetores das pescas entram hoje em greve ao trabalho suplementar

Os inspetores das pescas da Direcção Geral dos Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos entram hoje em greve ao trabalho suplementar, para reivindicar a negociação da reestruturação das atuais carreiras de inspeção e do estatuto da nova carreira.

Os inspetores das pescas reivindicam que o estatuto consagre o reforço das suas competências de investigação criminal, um regime próprio de horário de trabalho e um suplemento de risco, penosidade e insalubridade.

Em comunicado, a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais disse que a ministra do Mar e o secretário de Estado das Pescas comprometeram-se a negociar a reestruturação da carreira e do respetivo estatuto, no início do ano, mas tal não chegou a acontecer.

"Esta situação é tanto mais grave quanto o Governo já foi notificado pelo Comissário Europeu das Pescas, para a possibilidade de Portugal vir a ser penalizado pela ausência de medidas que visem o reforço das competências dos inspetores das pescas portuguesas que, simultaneamente são inspetores da União, cumprindo funções neste âmbito, em águas comunitárias e internacionais", concluiu.

A greve dos inspetores das pescas ao trabalho suplementar irá prolongar-se até ao dia 31 de dezembro.