Nacional

Idanha-a-Nova aderiu ao Pacto de Autarcas para o Clima e Energia

Idanha-a-Nova aderiu ao Pacto de Autarcas para o Clima e Energia

A Câmara de Idanha-a-Nova aderiu ao Pacto de Autarcas para o Clima e Energia, cujo objetivo é aumentar a eficiência energética e a utilização de fontes de energias renováveis no concelho.

"O objetivo é desenhar um plano de ação para mitigação e adaptação às alterações climáticas, de forma a estarmos preparados para os desafios do futuro", explicou hoje à agência Lusa o presidente do município de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto.

Através da adesão ao pacto, a autarquia compromete-se voluntariamente a promover o aumento da eficiência energética e a utilização de fontes de energias renováveis no respetivo território, contribuindo para o objetivo de reduzir as emissões de CO2 em pelo menos 40% até 2030 e na adaptação face às alterações climáticas.

"Já estamos no terreno a trabalhar em termos da eficiência energética. A Câmara de Idanha-a-Nova está a desenvolver projetos para aumentar a eficiência energética nos edifícios públicos, ao nível da alteração dos sistemas de fornecimento de energia", afirmou.

O autarca deste município do distrito de Castelo Branco adiantou ainda que uma das questões mais importantes diz respeito com o sistema de iluminação pública do concelho.

"A Câmara vai fazer um grande investimento para reduzir a despesa energética, aplicando novas tecnologias, nomeadamente iluminação LED e sistemas inteligentes de gestão para que o uso da energia seja feito de acordo com as necessidades da população", concluiu.

ver mais vídeos