Economia

Luís Amado deverá ser o próximo presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP

Luís Amado deverá ser o próximo presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP

Luís Amado, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, é o nome proposto para presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP - Energias de Portugal, revela um comunicado da empresa enviado na noite de segunda-feira à CMVM.

Segundo o mesmo comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, que se refere ao ponto 9 da ordem de trabalhos da Assembleia Geral de acionistas para a eleição do Conselho Geral e de Supervisão da EDP, a realizar a 05 de abril, foram ainda propostos como membros para o triénio 2018-20 Maria Celeste Cardona, Ilídio de Pinho, Braga de Macedo e Vasco Rocha Vieira.

O mandato dos atuais membros do Conselho Geral e de Supervisão da EDP terminou em 31 de dezembro.

ver mais vídeos