Economia

PE: Marisa Matias gostaria que não houvesse rendição à lógica da governação económica

PE: Marisa Matias gostaria que não houvesse rendição à lógica da governação económica

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda, disse hoje que gostaria de ouvir o primeiro-ministro defender em Estrasburgo a necessidade de investimento público e políticas sociais na Europa, em vez de uma rendição à lógica da governação económica.

Antecipando a intervenção do primeiro-ministro no Parlamento Europeu, na quarta-feira, a deputada eleita pelo BE disse que, mesmo sem "a capacidade de ter uma bola de cristal, não deverá andar muito longe daquilo que tem sido o discurso de António Costa nos últimos tempos em relação ao futuro da Europa" e a necessidade de a UE se dotar de um orçamento para o pós-2020 à altura das suas ambições.

Marisa Matias espera por isso um discurso "no sentido de pensar o futuro da União Europeia do pós-'Brexit' com base naquilo que devem ser não só os contributos dos Estados-membros mas sobretudo esta ideia dos recursos próprios com uma forma de continuar a financiar o projeto europeu".

Já sobre o que gostaria de ouvir, a deputada do Bloco apontou aquela que "não é desconhecida nem é uma matéria que não seja muito falada frequentemente: se há área política em que há maior divergência entre os partidos que apoiam o Governo, neste caso o Bloco de Esquerda e o PCP, é precisamente as questões europeias".

"Gostaria que não houvesse tanto esta rendição à lógica do mercado interno, como tem havido, nem às questões da governação económica nem às questões que estão ligadas a uma política que condiciona e muito o investimento publico em Portugal e nos outros países europeus", disse.

Por isso, concluiu, "gostaria de ouvir uma aposta e um reforço na necessidade de haver investimento publico e políticas sociais", o que acredita que "seria mais pela questão dos recursos próprios", mas reiterou que é preciso esperar pela intervenção de Costa para saber o que o primeiro-ministro defenderá para o futuro da União.

O primeiro-ministro, António Costa, vai discursar na quarta-feira no hemiciclo de Estrasburgo, no quadro do ciclo de debates sobre o futuro da União Europeia com chefes de Estado e de Governo no Parlamento Europeu.

António Costa, que discursará no hemiciclo a partir das 10:00 locais (09:00 de Lisboa), será o terceiro líder europeu a participar neste ciclo de debates com a assembleia, iniciado este ano, depois dos primeiros-ministros da Irlanda, Leo Varadkar, em janeiro, e da Croácia, Andrej Plenkovic, em fevereiro, e antes do Presidente francês, Emmanuel Macron, o "convidado de honra" da sessão plenária de abril.

ver mais vídeos