Economia

Pedidos semanais de subsídio de desemprego nos EUA voltam a cair, para 236 mil

Pedidos semanais de subsídio de desemprego nos EUA voltam a cair, para 236 mil

Os pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos diminuíram em 2.000 na semana passada face à anterior, para 236.0000, o nível mais baixo das últimas cinco semanas, informou hoje o Departamento do Trabalho norte-americano.

Esta foi a terceira descida semanal consecutiva dos pedidos de subsídio de desemprego, tendo a média de pedidos do último mês -- um indicador menos volátil da evolução do mercado laboral -- recuado em 750 para 241.500, de acordo com os dados oficiais.

O número de pessoas nos EUA que recebem atualmente subsídios de forma permanente por estarem sem trabalho desceu em 52.000, para 1,91 milhões, o valor mais baixo das últimas quatro décadas.

O mercado laboral norte-americano tem vindo a recuperar nos últimos meses e, em outubro, a taxa de desemprego ficou em 4,1%.

Na sexta-feira está prevista a divulgação da taxa de desemprego de novembro, prevendo os analistas que permaneça estável nos 4,1%.