O Jogo ao Vivo

Desporto

Jorge Jesus espera Paços competitivo e com uma mentalidade alterada

Jorge Jesus espera Paços competitivo e com uma mentalidade alterada

O treinador do Sporting disse hoje que espera encontrar um Paços de Ferreira competitivo na 12.ª jornada da I Liga de futebol, alertando que as equipas pequenas alteram a sua mentalidade quando jogam com os 'grandes'.

"Sei que o Petit é um treinador que incute muito a sua forma de jogar nas ideias das suas equipas, muito competitivas, e, portanto, tem sido sempre assim, com uma mentalidade acima do que é a realidade da sua equipa", começou por explicar em conferência de imprensa, justificando: "Jogou numa grande equipa e esses treinadores olham para o jogo sempre de uma maneira diferente."

Na antevisão à partida de domingo na Mata Real, Jorge Jesus lembrou que os pacenses são um clube com "tradição" no campeonato quando jogam em casa, porém tem a noção de que os 'leões' precisam de ser "realistas e com conhecimento" do adversário para não serem "surpreendidos".

Depois da vitória (3-1) a meia da semana para a Liga dos Campeões diante do Olympiacos, que garantiu, pelo menos, um eventual apuramento para os 16 avos de final da Liga Europa, o técnico 'leonino' assegurou que o argentino Acuña está clinicamente apto e convocado para o encontro de domingo, enquanto o avançado marfinense Seydou Doumbia continua a recuperar de lesão.

As noticias que têm dado conta de um alegado interesse do Sporting em contar com os serviços de Nico Gaitan, atualmente a representar o Atlético de Madrid, foi hipótese abordada e afastada por Jorge Jesus, que já trabalhou com o extremo argentino quando treinava o 'rival' Benfica.

"Posso dizer que o Nico é um grande jogador e se puder ter os grandes jogadores fico muito satisfeito. Essa realidade é incompatível com aquilo onde está [Atlético de Madrid] e aquilo que é o Sporting. Sei os números dele e penso que é impossível", esclareceu.

Por fim, a mudança no eixo defensivo do clube de Alvalade nas últimas partidas, face à lesão de Jérémy Mathieu, obrigou Jorge Jesus a colocar André Pinto, que dá ao técnico exatamente a "mesma segurança" que o francês.

"O André Pinto deu uma boa resposta aos jogos que tem jogado e sempre que o fez jogou com melhor rendimento, fruto também da confiança de jogo para jogo. É 3 em 1. Neste momento, tenho três jogadores naquela posição que me dão uma segurança absoluta. Jogue quem jogar vou estar tranquilo", terminou.

No domingo, o Sporting, segundo classificado com 27 pontos, defronta o Paços de Ferreira, 13.º com 12, no Estádio Capital do Móvel, pelas 18:00, em partida referente à 12.ª jornada da I Liga.