Desporto

LE: Rolando espera jogo "especial" frente a um Vitória de "boas recordações"

LE: Rolando espera jogo "especial" frente a um Vitória de "boas recordações"

O central português Rolando, atualmente no Marselha, da liga francesa de futebol, antecipou hoje um jogo "especial" frente ao Vitória de Guimarães, na terceira jornada da Liga Europa, equipa da qual guarda "boas recordações".

A jogar pela terceira época no emblema do sul de França, o defesa, de 32 anos, mostrou-se preparado para um jogo "diferente", frente a "uma bela equipa".

Ao serviço do FC Porto, Rolando marcou aos vitorianos um golo na final da Taça de Portugal de 2010/11 - os 'dragões' venceram por 6-2 - e os dois que valeram aos 'azuis e brancos' a 18.ª Supertaça, em 2011/12 (2-1).

"Jogar contra uma equipa portuguesa é sempre especial, uma equipa do meu país. [O Vitória] fez uma época muito boa na temporada passada, ao terminar em quarto lugar", disse Rolando, na conferência de antevisão ao desafio agendado para as 18:00 de quinta-feira, ao lado do seu treinador, Rudi Garcia.

O internacional pela seleção lusa em 19 ocasiões assumiu que o Marselha conhece bem os vimaranenses, apesar de o técnico francês lhe ter perguntado "algumas coisinhas" por conhecer o opositor um "bocadinho" melhor, até pelas lembranças que guarda, a "nível pessoal" e "coletivo", e disse ainda que a turma de Pedro Martins mostrou a sua "força" na época passada.

"No ano passado, tinham um ataque muito forte e extremos velozes, que jogam muito bem. Provaram como equipa que podem estar ao mais alto nível e parabéns a eles pelo campeonato que fizeram e por estarem na Liga Europa", comentou.

Rolando falou ainda sobre a adaptação do Mitroglou, ponta de lança ex-Benfica que se estreou pelo Marselha no domingo e marcou o golo que valeu ao quarto classificado do campeonato gaulês um empate 3-3 na casa do Estrasburgo, referindo que, neste momento, o "importante" é o jogador grego ficar "bem enquadrado" com o clube.

"A adaptação, até agora, tem sido boa. Ele fez um jogo, um golo. É o que esperamos dele. Ele é meio tímido, eu um pouco menos. Falamos, de vez em quando, sobre a adaptação dele e sobre as coisas importantes aqui. Depois, teremos tempo para brincar sobre [eu ter jogado no FC Porto e ele no Benfica]", explicou.

O Marselha, terceiro classificado do grupo I com três pontos, recebe o Vitória de Guimarães, quarto com um, pelas 18:00 de quinta-feira, no estádio Vélodrome, em jogo que será arbitrado pelo sueco Stefan Johannesson.