O Jogo ao Vivo

Nacional

"Não visto a camisola de nenhum partido nem de nenhum candidato" -- Marcelo

"Não visto a camisola de nenhum partido nem de nenhum candidato" -- Marcelo

O Presidente da República afirmou hoje, a propósito do seu almoço com Pedro Santana Lopes, que não veste "a camisola de nenhum partido nem de nenhum candidato", rejeitando qualquer envolvimento nas escolhas do PSD.

Marcelo Rebelo de Sousa, que falava aos jornalistas no final de uma iniciativa no Museu da Eletricidade, em Belém, admitiu, contudo, que o critiquem por esse encontro com o atual Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, porque "o país é livre, as democracias são assim, há liberdade de comentário".

"O fundamental é que os portugueses sabem que não intervenho na vida do PS, nem do PCP, nem do Bloco de Esquerda, nem dos 'Verdes', nem do PAN, nem do PSD, nem do CDS, só para falar daqueles que têm representação parlamentar. E, portanto, na vida de nenhum partido", defendeu.

Interrogado se não pode ter passado a imagem de que "vestiu a camisola" de um candidato à liderança do PSD, o chefe de Estado respondeu: "Não há esse perigo, nenhum. Não visto a camisola de nenhum partido, nem de nenhum candidato, nem de nenhuma sensibilidade partidária, mas rigorosamente de nenhum partido".

"Não tenho, nem tenho de ter, simpatias ou antipatias", acrescentou.