Economia

OE2018: Centeno admite que versão final é melhor do que a entregue pelo Governo

OE2018: Centeno admite que versão final é melhor do que a entregue pelo Governo

O ministro das Finanças considerou hoje que a versão final do Orçamento do Estado para 2018 é melhor do que a que foi inicialmente apresentada, depois dos contributos dos partidos em sede de discussão parlamentar.

"Todos os debates em democracia tendem a melhorar os objetos sujeitos a debate. Claro que é melhor [o Orçamento com as alterações propostas pelos partidos]", comentou Mário Centeno aos jornalistas, questionado sobre as propostas de alteração ao documento que é submetido na segunda-feira a votação final global.

A versão final do Orçamento do Estado para 2018 (OE2018) contará com mais de 80 propostas de alteração dos vários partidos, além das apresentadas pela bancada socialista, tendo também o CDS, na oposição, conseguido aprovar propostas.

"O parlamento teve um rico e longo debate [...]. O Orçamento que temos para executar em 2018 é um orçamento de rigor, robusto, de apoio à economia, de apoio às famílias, de melhoria dos serviços públicos e seguramente todo o Governo se revê no orçamento que vamos executar", afirmou ainda Mário Centeno, à margem de uma visita aos serviços aduaneiros do Aeroporto de Lisboa.