Desporto

Petit quer Paços de Ferreira a discutir o resultado com um "Sporting muito forte"

Petit quer Paços de Ferreira a discutir o resultado com um "Sporting muito forte"

O treinador Petit disse hoje que o Paços de Ferreira está preparado para "fazer um grande jogo" no domingo e lutar pelos três pontos frente a "um Sporting muito forte", na 12.ª jornada da I Liga de futebol.

Na conferência de antevisão ao jogo no estádio Capital do Móvel, Petit, que se fez acompanhar por André Leal e Mabil no âmbito de uma campanha apadrinhada pelo Paços contra o racismo, reconheceu as qualidades do Sporting, mas recusou baixar os braços.

"Sabemos que vamos defrontar uma equipa moralizada, que vem de um resultado muito positivo na Liga dos Campeões (o Sporting venceu o Olympiacos, da Grécia, por 3-1), ainda não perdeu no campeonato, mas esta pausa também foi benéfica para aquilo que temos vindo a trabalhar, visando conhecer melhor os jogadores e eles conhecerem melhor as nossas ideias, ou recuperar alguns em termos de lesões. Amanhã (domingo), vamos estar prontos para fazer um grande jogo e lutar pelos três pontos", disse Petit.

O técnico pacense insistiu na ideia de uma equipa humilde e pronta para lutar pelo resultado, dizendo não acreditar, por outro lado, em desgaste físico do Sporting.

"Não acredito no desgaste físico, porque estes jogadores estão habituados a jogar de três em três dias, mas também sabem que vão defrontar uma equipa que ainda não perdeu em casa e está motivada para defrontar o segundo classificado. Vamos ser humildes e, com as nossas armas, com aquilo que temos vindo a trabalhar, com a nossa qualidade, com a nossa intensidade, com a nossa atitude, vamos estar prontos para lutar pelos três pontos. Esperamos que, amanhã (no domingo), no final do jogo, possamos todos sorrir", sublinhou.

Petit elogiou a paragem no campeonato, por aquilo que permitiu trabalhar em "rotinas, consistência e intensidade de jogo", adiantando estar "a formar uma equipa dentro daquilo que pretende", mas assegurou que já estavam com "saudades da competição" e que os jogadores estão "motivados" por recomeçarem a jogar frente ao Sporting de Jorge Jesus, contra quem Petit, enquanto técnico, ainda não perdeu.

"Nos últimos três anos, nos jogos que fiz contra o Sporting, não perdemos, mas aqui não é o Petit contra o Jorge Jesus, mas o Paços contra o Sporting", respondeu o técnico pacense.

Para Petit, não há receitas mágicas para travar este Sporting, embora tenha admitido conhecer um pouco a forma de trabalhar de Jorge Jesus.

"Estudamos os adversários da mesma maneira, mas, se calhar, o Sporting, talvez por dar mais vezes na televisão, por estar inserido na Liga dos Campeões, por saber um pouco a forma como o Jorge Jesus trabalha, mesmo nunca trabalhando com ele, nem ele tendo sido meu treinador, sei algumas coisas e preparo a minha equipa para aquilo que vai ser o Sporting", afirmou.

O técnico lembrou que "cada época e cada jogo são diferentes", mas o objetivo será o mesmo, o de lutar pelos três pontos, seja com o Sporting, o Sporting de Braga ou o Belenenses, que são os próximos adversários.

"Estou curioso por ver a equipa que o Sporting possa apresentar amanhã. Normalmente, Jorge Jesus pode fazer sempre uma, duas ou três alterações e, por vezes, basta apenas uma para fazer a diferença para o jogo a Liga dos Campeões, mas a minha equipa vai estar preparada para essas situações. (O Sporting) tem jogadores que individualmente podem decidir os jogos, tanto nas bolas paradas como em jogadas individuais. Nesse aspeto, o Jorge Jesus costuma trabalhar muito as bolas paradas e, dentro disso, os nossos jogadores vão estar preparados para o plano A, B ou C", concluiu.

O Paços de Ferreira, 13.º classificado, com 12 pontos, e o Sporting, segundo, com 27, defrontam-se domingo no estádio Capital do Móvel, a partir das 18:00, num jogo referente à 12.ª jornada da principal liga portuguesa de futebol.