O Jogo ao Vivo

Economia

Programa para a sustentabilidade já aprovou apoios de 126 ME para valorização de resíduos

Programa para a sustentabilidade já aprovou apoios de 126 ME para valorização de resíduos

O programa para a sustentabilidade e eficiência de recursos já aprovou 58 projetos para valorização de resíduos urbanos, com um investimento total de 157 milhões de euros, e apoios de 126 milhões, a maior parte visando a reciclagem.

Os projetos visando o aumento da quantidade e qualidade da reciclagem multimaterial de resíduos urbanos tiveram um financiamento comunitário de 88 milhões de euros, avança uma informação divulgada pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR).

O apoio comunitário aos projetos destinados a aumentar a valorização orgânica de resíduos urbanos atingiu 35 milhões de euros.

Quanto às ações de educação e sensibilização, que pretendem obter a prevenção da produção e perigosidade dos resíduos urbanos, assim como incentivar a sua reciclagem e valorização, o financiamento comunitário foi de três milhões de euros.

As entidades responsáveis por estes projetos de investimento são as entidades gestoras de resíduos urbanos, de cariz municipal, intermunicipal ou multimunicipal.

Candidaturas que visem a promoção de sistemas inovadores para reforçar a recolha seletiva de resíduos urbanos valorizáveis podem ser apresentadas até 29 de janeiro, acrescenta o PO SEUR.

Os investimentos cofinanciados pelo PO SEUR no setor dos resíduos, no período 2014-2020, têm como principal objetivo o aumento da reciclagem e o desvio de lixo urbano passível de ser reciclado e desviado de aterros, para cumprir as metas nacionais e comunitárias fixadas para 2020.

Esta aposta também vai no sentido de concretizar os princípios da economia circular que se baseia na redução do consumo de matérias-primas retiradas à natureza e no crescimento da reutilização e da reciclagem.