O Jogo ao Vivo

Economia

Programa Qualifica com 150 mil inscrições no primeiro ano de execução

Programa Qualifica com 150 mil inscrições no primeiro ano de execução

Mais de 150 mil pessoas inscreveram-se no Programa Qualifica durante o seu primeiro ano de execução, superando a meta anual prevista, revelam dados do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social a que a Lusa teve hoje acesso.

Destinado à educação e formação de adultos, o Programa Qualifica foi lançado há um ano e conta com "mais de 150 mil inscrições na rede de 300 Centros Qualifica" existentes em vários pontos do país, revela o ministério de Vieira da Silva.

Segundo os dados, registam-se ainda 115 mil encaminhamentos para ofertas formativas e processos de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC).

"Estes resultados sinalizam um importante progresso em matéria de educação e formação de adultos", sublinha a mesma fonte.

O número de adultos inscritos nos Centros Qualifica aumentou mais de 40% face a 2016 e 150% face à média de 50 mil inscrições por ano registada entre 2014 e 2015.

O volume de encaminhamentos para ofertas formativas e processos de RVCC aumentou cerca de 20% em relação a 2016 e mais de 180% na comparação com a média anual de 34 mil encaminhamentos observada no período de 2014 a 2015.

O Programa Qualifica foi lançado em março de 2017, tendo como objetivo abranger 600 mil pessoas até 2020, com uma meta de 145 mil inscrições por ano.

Segundo o Ministério do Trabalho, o Programa Qualifica "deverá contribuir para elevar a taxa de participação de adultos em atividades de aprendizagem ao longo da vida" e "garantir que pelo menos metade da população adulta conclui o Ensino Secundário até 2020".

Esta estratégia é encarada como prioritária pelo Governo e integra-se no Programa Nacional de Reformas.

Outras Notícias