O Jogo ao Vivo

Desporto

SÍNTESE: FC Porto volta a 'deslizar', Sporting pode encurtar para dois pontos

SÍNTESE: FC Porto volta a 'deslizar', Sporting pode encurtar para dois pontos

O FC Porto voltou a perder pontos para a I Liga portuguesa de futebol e, quatro jogos depois de empatar com o Sporting, soma nova igualdade, agora com o 'modesto' Desportivo das Aves.

O 1-1 da Vila das Aves vai marcando a 12.ª jornada, em que o Sporting pode encurtar distâncias para dois pontos e o Benfica para três, em vésperas de um relançado 'choque' entre 'águias' e 'dragões'.

Mais uma vez, o FC Porto fez por resolver o jogo cedo e, aos seis minutos, Ricardo chegou ao golo, a passe de Soares.

No entanto, o Desportivo das Aves chegou à igualdade aos 63, por intermédio de Vítor Gomes, numa altura em que os 'azuis e brancos' jogavam com menos um, depois da expulsão de Corona, aos 52, por acumulação de cartões amarelos.

Jogou bem a equipa de Lito Vidigal, que ainda enviou uma bola à trave, por Arango, além de ter outra ocasião soberana, com Amilton.

O FC Porto, vindo de uma semana de 'Champions', mostrou-se cansado e sem reação para a última meia hora.

Nos outros dois jogos de hoje, registaram-se triunfos dos que jogaram em casa - 1-0 do Boavista ao Moreirense e 2-0 do Portimonense ao Tondela.

O Boavista sobe a sétimo, com 16 pontos, e já ameaça o sexto lugar do Rio Ave, equipa que segue com 17 pontos.

Carraça, aos 29 minutos, fez o golo dos 'axadrezados', que até fizeram por ganhar por mais.

Em Portimão, brilha o japonês Shoya Nakajima, autor de um 'bis', aos 31 e 75 minutos, a passar a sua contabilidade pessoal para seis.

Nakajima é bem o símbolo do futebol ofensivo da equipa algarvia, que tem o quarto melhor ataque da prova, só superada pelo trio de 'grandes'.

O nipónico sobe a quinto na lista de melhores marcadores, ainda comandada pelo benfiquista Jonas (13), à frente de Aboubakar, do FC Porto, e Bas Bost, do Sporting (nove).

No domingo, o Sporting joga em Paços de Ferreira, enquanto que o Benfica recebe o Vitória de Setúbal.