Desporto

Volta ao Alentejo: 1.ª etapa -- Declarações

Volta ao Alentejo: 1.ª etapa -- Declarações

Declarações após a primeira etapa da Volta ao Alentejo em bicicleta, que se disputou entre Vendas Novas e Serpa (173,5 quilómetros) e que foi ganha pelo britânico Gabriel Cullaigh (Team Wiggins):

Gabriel Cullaigh, GB, Team Wiggins (vencedor da etapa e líder da geral): "O final foi bom, embora um pouco surpreendente, com esta pequena subida no final, depois de uma etapa plana. Foi um dia épico, com o tempo e a chuva. Foi uma boa corrida e um bom dia.

Estou muito feliz. Foi um grande aumento de confiança. Acho que tenho a bola a correr. Vamos ver como correm as próximas etapas.

Não só um 'sprinter' puro, sou mais um 'puncheur' e subo bem. Sou de Yorkshire. Penso que podemos fazer um bom trabalho e esperamos segurar a camisola até ao final."

Luís Mendonça, Por, Aviludo-Louletano (quinto da etapa e melhor português): "Foi uma loucura, não foi só o 'sprint', foi a etapa toda. Foi uma velocidade impressionante e, com este vento e este temporal a ajudar aos famosos 'abanicos' alentejanos, viemos aí a toda a velocidade. No 'sprint' não contava com este 'sprint' final a 300 metros e fiquei um pouco 'trancado'. Podia ter feito um pouco melhor, mas os Wiggins são jovens, mas andam muito."

Samuel Caldeira, Por, W52-FC Porto (sétimo da etapa): "Era um dia que prevíamos bastante complicado, devido às condições climatéricas, com muito vento. Dado o traçado que temos no Alentejo sabíamos que era importante estar sempre bem colocados na frente e esperar pelo momento certo para atacar. Tentámos chegar com o máximo de ciclistas na frente."

Nuno Ribeiro (diretor desportivo da W52-FC Porto): "Logo no início da corrida decidimos aproveitar o vento. Mandámos acelerar em algumas partes em que estava mais vento. Levava gente na frente da corrida que me ia dizendo onde estava mais vento.

A vitória não está na mão. Há mais ciclistas na luta. Com este clima, todos os dias estamos sujeitos a acontecer o que aconteceu hoje. Vamos tentar levar a corrida controlada até ao final.

[Aposta para a vitória?] César Veloso."