O Jogo ao Vivo

Média

Angélico Vieira pode estar ligado ao ventilador durante vários dias

Angélico Vieira pode estar ligado ao ventilador durante vários dias

Angélico pode ficar ligado ao ventilador durante vários dias, não se sabendo ainda qual será a evolução clínica do cantor, que continua internado com prognóstico muito reservado. O hospital não confirma, mas o JN apurou que cantor e actor está em morte cerebral. Agência de Angélico pede aos fãs e amigos que se reúnam em frente ao hospital, às 21 horas, para uma corrente de luz.

Uma equipa de transplantes do Hospital de Santo António, que funciona em permanência naquela unidade de saúde, já esteve na Unidade de Cuidados Intensivos em que está internado Angélico Vieira mas uma eventual colheita de órgãos - que não se sabe se poderá ser feita neste caso - depende sempre de uma decisão da família.

O JN apurou que Angélico Vieira terá lesões neurológicas irreversíveis, tendo fonte hospitalar adiantado que se encontra em estado de morte cerebral, mas o Centro Hospitalar do Porto não confirma essa informação, tendo mantido sempre, ao longo do dia, a situação de prognóstico muito reservado.

O protocolo clínico, todavia, pode ditar que o cantor se mantenha ligado ao suporte de vida durante vários dias. Ao contrário do que foi anteriormente avançado, Angélico Vieira não foi submetido a segunda cirurgia, tendo sido operado apenas uma vez. O cantor sofreu um traumatismo crânio-encefálico grave, com perda de massa encefálica. Na eventualidade de um dia recuperar, terá sequelas neurológicas graves. As lesões que sofreu na cervical podem fazer com que fique paraplégico, caso sobreviva.

O ambiente é de grande comoção entre familiares e amigos, que, esta segunda-feira, estão a passar por aquela unidade hospitalar, ao que o JN apurou, para se despedirem de Angélico Vieira.

Todos os elementos dos D'ZRT estão no hospital de Santo António, no Porto, assim como a mãe e o pai, Milton Angélico, que chegou de Angola durante a manhã.

Sandra Silva, da Agência Layjan, fez um apelo aos fãs e amigos de Angélico, para que participem numa corrente de luz. Quem desejar participar, deve estar à porta do Hospital de Santo António, no Porto, com uma vela, às 21 horas.

O cantor e actor está em morte cerebral desde o dia do acidente, na madrugada de sábado, e não revelou sinais de vida neurológica, disse fonte hospitalar.

Em declarações aos jornalistas, Isabel Almeida, chefe de equipa do Serviço Urgência do "Santo António", não confirmou nem desmentiu, disse apenas que o antigo vocalista dos D'Zrt, de 28 anos, "continua internado na Unidade de Cuidados Intensivos e o prognóstico é muito reservado".

Questionada sobre as notícias que dão conta da morte cerebral de Angélico Vieira, a médica escusou-se a responder. "Tudo o que posso dizer é que o prognóstico é muito reservado. Não posso dizer mais nada", disse Isabel Almeida.

Na mesma Unidade de Cuidados Intensivos encontra-se uma rapariga de 17 anos que ficou também gravemente ferida no acidente. "Está entre o prognóstico reservado e o muito reservado", disse Isabel Almeida.

A actriz Rita Pereira, ex-namorada de Angélico Vieira, está desde sábado no hospital de Santo António. Esta segunda-feira foi vista a sair, pouco depois das 11 horas, cerca de meia-hora antes de chegar àquela unidade hospitalar o actor José Carlos Pereira.

Segundo apurou apurou o JN, Anita Costa, apontada como namorada do actor, está nas instalações do Hospital de Santo António. Pelo local passaram, ainda esta manhã, Laura Galvão, actriz, e Solange Hilário, cantora dos "Ídolos".

O Hospital de Santo António reservou uma sala para amigos e familiares do cantor e actor.

O acidente ocorreu cerca das 3.15 de sábado ao quilómetro 258 da autoestrada A1, no sentido Porto-Lisboa, junto à saída para Estarreja.

Hélio Jonilson Van-Dúnem Filipe, de 25 anos, amigo do artista, foi a única vítima mortal do acidente, enquanto Hugo Miguel Pinto, de 20 anos, e o único que estaria a usar cinto de segurança, sofreu apenas ligeiras escoriações.