Hugo Chávez

Canais de TV por cabo obrigados a transmitir discursos de Chávez

Canais de TV por cabo obrigados a transmitir discursos de Chávez

Comissão Nacional de Telecomunicações da Venezuela anunciou que 24 estações de televisão por cabo deverão submeter-se à lei venezuelana que regula os conteúdos e horários, sendo obrigadas a transmitir as intervenções do presidente Hugo Chávez.

Entre a listagem encontra-se a estação RCTV, o mais antigo canal de televisão da Venezuela, que em 2007 foi obrigado em cessar as suas transmissões em sinal aberto, depois de Hugo Chávez anunciar que não renovaria a sua licença, reaparecendo depois no sistema de cabo.

Segundo Diosdado Cabello, ministro de Obras Públicas e Habitação, e também director da Comissão Nacional de Telecomunicações da Venezuela (Conatel), com a nova classificação do sistema de televisão por cabo 164 estações têm características internacionais pelo que não estão obrigadas a cumprir a legislação venezuelana.

No entanto, outros 122 canais internacionais não entregaram a documentação necessária pelo que estão submetidos à legislação local.

A decisão implica a introdução de restrições horárias para a transmissão de conteúdos com cenas sexuais e de violência.

A Câmara Venezuela de Televisão por Subscrição (Cavetesu) já anunciou que não identificará as estações que não cumpram a obrigatoriedade de transmitir as intervenções presidenciais

"Não seremos nós a determinar se estão a cumprir a lei ou não, mas vamos executar a ordem do regulador (Conatel) quando nos disserem que um canal não está a cumprir", disse Mário Seijas, presidente da Cavetesu.

As relações entre o governo do presidente Hugo Chávez e a Imprensa são caracterizadas por uma permanente tensão.

Em Julho, o governo encerrou 32 estações de rádio por considerar que existiam irregularidades nas licenças concedidas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG