O Jogo ao Vivo

Média

Guerra aberta entre Obama e a cadeia Fox

Guerra aberta entre Obama e a cadeia Fox

Problemas entre governantes e meios de comunicação social não são um exclusivo nacional. A directora de comunicação da Casa Branca anunciou que daqui em diante passariam a tratar a estação Fox, propriedade de Rupert Murdoch, como se fosse um adversário.

"Como eles estão a levar a cabo uma guerra contra Barack Obama e a Casa Branca, não precisamos fingir que esta é a forma como um meio de comunicação se comporta", disse Anita Dunn numa entrevista sobre a Fox, publicada pelo The New York Times.

Anita Dunn foi ainda mais longe, ao acusar a estação Fox de ser "uma ala do partido republicano".

As declarações são resultam de um acto inocente, uma vez que se têm repetido noutros meios norte-americanos. Também à CNN, a directora de comunicação referiu que a "Fox News selecciona os seus temas de discussão, transmitem-nos, tomam posições e isso está bem". No entanto, assinalou: "Não podemos pretender que seja uma cadeia de notícias da mesma maneira que é a CNN".

No último domingo, também David Axelrod, principal assessor de Barack Obama, manifestou uma posição que segue o mesmo sentido. "(A Fox) não são notícias, estão a impulsionar um ponto de vista... Meios de comunicação como esse não deveriam ser tratados como se fossem um meio. Não os trataremos dessa forma", afirmou à ABC.

Mais curioso ainda é que a Casa Branca tenha criado um blogue com o objectivo explícito de denunciar "as mentiras da Fox".

A animosidade entre Barack Obama e a Fox já tem um longo historial.A Fox recusou-se a exibir os discursos oficiais do presidente norte-americano e a equipa de Obama acusa-a, por outro lado, de perseguição política.No mês passado, Obama só não deu entrevistas sobre a reformas na saúde à Fox.Novamente esta semana, apenas esta estação foi excluída da conferência subordinada ao tema Afeganistão.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG