Média

Literatura no Douro em documentários

Literatura no Douro em documentários

A partir de Setembro, a RTP-N vai começar a exibir uma série de documentários sobre escritores ligados à região do Douro. O projecto da Direcção Regional de Cultura do Norte terá adaptações a Rádio e DVD.

Chama-se "O Douro… Nos Caminhos da Literatura" e resulta no culminar do projecto "Viajar com… Os Caminhos da literatura". Surgiu há quatro anos e, segundo a directora regional de Cultura, Helena Gil, pretende-se dar a conhecer o Norte de Portugal "através da obra dos escritores de referência da região".

Helena Gil justifica que "nenhuma outra região do país tem a riqueza patrimonial em termos literários". Foram escolhidos sete escritores que estiveram intimamente ligados ao Douro: Miguel Torga, Aquilino Ribeiro, João de Araújo Correia, Guerra Junqueiro, Trindade Coelho, Pina de Morais e Domingos Monteiro. "Não encontraremos melhores textos de divulgação da região do que os que estes autores nos deixaram", frisa a responsável.

A série de documentários está a ser produzida pela "Ideais e Conteúdos". Tem apresentação e coordenação de Francisco José Viegas e conta com a colaboração de outras personalidades com ligações ao Douro, como é o caso do sociólogo António Barreto. A banda sonora estará a cargo de Manuel Paulo, da banda Ala dos Namorados.

O projecto foi apresentado anteontem à noite, em Vila Real. O argumento e planificação está a cargo de Mário Pereira, da "Ideias e Conteúdos", que anunciou que as filmagens começaram há cerca de um mês e deverão estar concluídas em Julho. "Começámos por registar memórias e testemunhos de pessoas", aduziu.

Para além dos sete documentários para televisão, pretende-se que "O Douro… Nos Caminhos da Literatura" seja um projecto "transversal aos diversos meios de comunicação actualmente disponíveis", sublinhou Mário Pereira. Está prevista uma adaptação a programas de rádio que vão ser emitidos pela RDP Antena 1, a um coleccionável para ser distribuído por um jornal de grande tiragem, a um DVD que será distribuído por bibliotecas e escolas da região do Douro. Vai ser ainda criado um sítio na Internet que será rico em imagens e depoimentos: um site atractivo para conseguir captar o público jovem e a comunidade escolar.

Helena Gil acredita que, para além do potencial cultural de "O Douro… Nos Caminhos da Literatura", o turismo também sairá a ganhar. Diz que as pessoas podem ir à região vinhateira extasiar-se com a paisagem, uma ou duas vezes, "mas já não voltam uma terceira vez". "A não ser que recheemos a paisagem com um conjunto de histórias e referências às pessoas que construíram o Douro".

A directora regional da Cultura do Norte nota que "não é a mesma coisa" ir ao miradouro de São Leonardo de Galafura sem ler Miguel Torga, ou depois de o ler.